terça-feira, 27 de dezembro de 2016

SOLIDÃO!

Eis que se passaram 33 natais, 33 anos de vida!!!!
Aí como anda vazia, tortuosa, na cabeça uma briga consciente de que a minha vida não é ruim que existem tantas pessoas sofrendo de dores e tristezas piores mas não sei.....
Acho que é do ser humano ser assim, ando sempre tão sozinha e solitária, distante de mim tantas pessoas que me amam e tantas que amo tb.
Aqui já não é assim sinto uma frieza uma indiferença, não tenho laços e nem família que me ama, ao menos juro não sentir nada de ninguém.
Sei que quando falamos e pensamos na vida com essa tristeza já vem na cabeça de qualquer pessoa as  minhas filhas, e é somente por elas que sigo, na esperança de que um dia o amor delas
me mantenha forte pra continuar a viver.
Sei que vem aquelas frases: aah mais elas te amam! sei que amam mas não me sinto de forma alguma insubstituível.Tive tanta incerteza da vida ser continuada, que me dediquei a fazer com que elas fossem mais autosuficiente, sem mimos e frescuras, como se apressasse o crescimento delas, não as crio com apego, sendo assim elas se acostumam fácil com o seu redor.
Pedindo a Deus que elas não sofram e tenham uma vida de luz e amor!

Nenhum comentário:

Postar um comentário